Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O HOMEM !

O HOMEM !

Esse ser enigmático, pragmático
Irreverente, superficial, herói
Cheio de contradições, problemático

Com reflexos de sabedoria e bondade
Ora temperados de raiva e mau humor
Entrechocam-se, entre a vida e a eternidade

Introspectivo, absorto, pensador
Cientista, inventor, cicerone
Poeta, dramaturgo, escritor

Entre a guerra, e a paz faz amor
È filho, pai, esposo, namorado
É patrão, empregado, ou servidor

Músico, musicista, ou aprendiz
Artista, palhaço, ou professor
Com justiça e amor vive feliz

Um selvagem, homo inteligente
Mercenário, guerreiro, vencedor
Problemático, firme, perseverante

Discreto, audaz, aventureiro
Diplomático, fiel, ou confidente
Delicado, egoísta e cozinheiro

É administrador, advogado
Médico, sacerdote ou pastor
Arquiteto, político e soldado

O homem é esse ser matemático
De permanentes lutas e perigos
Com desempenho veloz e prático

Homem, ente mortal à imagem de Deus
Que descendo ao conflito do Reino escuro;
- Pode estancar a Fé e vedar Jesus

Daquele que clamo Deus; eu só espero
Chegar ao cume, valoroso e firme
E que faça este meu verso bem sincero

Instruindo Fé, levando a esperança
Ao povo humilde, a tal gente, dê alento
- Assim teremos Fé e bem-aventurança !

São Paulo, 18/03/2009
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário