Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 16 de agosto de 2011

TUA FIGURA !... (Soneto)

TUA FIGURA !...

Eficiente recanto de ternura
Onde a minha alma à tua se emoldura
Imprescritível será tua figura
Predeterminação que tanto dura

Vão-se os sonhos, o amor perdura
Sucumbe a ilusão, ante a ventura
Nas asas d’esperança não há amargura
Ela não cansa, nem cede à pisadura

E à luz de novos reflexos, lá na altura
Envia à terra o brilho de uma pintura
Onde espelha sua rutilante figura

No absconso* de seus sentimento jura
Amor eterno isento de censura
Até à imortal glória da sepultura.

São Paulo, 02 de outubro de 2008
Armando A. C. Garcia
                                       
* escondido; secreto

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
 


Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário