Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ILUSÃO ! (Trovas Sequênciais)

ILUSÃO ! (Trovas Sequênciais)


Vive a vida a imaginar
Meu incauto coração
Às vezes chega a pensar
- Que tu és sua paixão

Neste cruel desatino
O mundo da fantasia
Artifício do destino
Fascínio que inebria

E nesta andança bisonha
Dá graças ao seu intento
É feliz com o que sonha
Dá loas ao sofrimento

Sem ponderar o alcance
Nem onde possa aportar
Aventura outro romance
Sedento, sem descansar

Não mede consequências
Este incauto coração
Recanto de confidencias
De amor e de paixão

Por este mundo afora
Nos braços do descaminho
És a lágrima que chora
No meu coração, espinho

No céu a nuvem esvoaça
As ilusões acompanham
Fostes palha e fumaça
Rio em que todos se banham

Meu incauto coração
Mestre em fantasiar
Deu asas à imaginação
Pensando poder te amar

SP 02/06/2009
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário