Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

MENINO JESUS DA CARTOLINHA


Menino Jesus da Cartolinha

Image
Menino Jesus da Cartolinha - Miranda do Douro - Portugal


Menino Jesus da Cartolinha
Tu és esperança que caminha
E no mundo outro não há
A glória eterna, em Ti está

Tu, como eu, és Mirandês
Nem na Europa, nem por cá
Outro igual a ti, não há
Nem no mundo Português

Conta a lenda que sitiada
Já a cidade se rendia
Na guerra da restauração
Isolada, sem salvação

Quando uma pequena criança
Conclamando à esperança
Chapéu de palha trajando
Nas ruas surgiu gritando

Com o ato de bravura
Da singela criatura
O povo inteiro se armou
De foice, enxada e varapau

Uns de forquilha e cutelos
Armadas até’os cotovelos
As tropas incentivaram
E os espanhóis derrotaram

Com a luta finalizada
E a cidade libertada
O menino foi procurado
Para ser homenageado

Porém não foi encontrado
De porta em porta buscado
Ninguém soube dele dizer
Aí, que o povo foi crer

Tratar-se de um ser divino
Ser Jesus quando menino
Que o milagre realizou
E assim, a cidade salvou

A lenda, ainda porfia.
Que na batalha desse dia
Um oficial pereceu
E a noiva que o perdeu

Resolveu mandar fazer,
Pasme se lhe aprouver
Um uniforme militar
Para a imagem trajar

Condecorou o seu peito
Com medalhas pelo feito
Colocou espada à cintura
E a nobre criatura

Como manda o figurino
Sem cartola que cretino
Mandou–lha confeccionar
E trajado o pôs no altar

Vejam só o que o destino
Fez aquele pobre menino
Que se arvorou em salvar
A cidade secular

Veja nesta ilustração
Seja verídica ou não
O incentivo o que é
E o poder que tem a Fé !

São Paulo, 21/09/2009
Armando A. C. Garcia


Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
 

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário