Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Morena !


Morena !

Bem feliz é nesta vida
Quem contempla o luar
Olha a rua distraída
Nem vê o tempo passar

E na rede a balouçar
Sonha à sombra do cedro
Em orbes de puro ar
Sem cheiro do alho*vedro                *antigo

Na aragem da primavera
Por leito, a rede estendida
Do teu sonho, ó quem me dera
Ter a rede dividida

Morena, flor delicada
De formosura e encanto
Na sesta, sob a ramada
Quem me dera ser teu manto

Pudesse eu à tardinha
Contigo flores colher
Morena, serias minha
Serias o meu amor !

São Paulo, 25/08/2009
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário