Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 16 de maio de 2017

Parque de Água Branca

Parque de Água Branca


O Parque de Água Branca
Corolário da natureza,
É verdadeira alavanca
De reconforto e beleza.

Paraíso, verdadeiro
Pulmão de extrema grandeza,
Reconforto pioneiro
Que à fadiga, dá presteza.

Das mazelas e cansaço
Tu és, qual timoneiro,
Onde Deus, em meigo abraço
Protege, o Parque inteiro !

És testemunha secreta
De segredos e lembranças.
Dás inspiração ao poeta
Refazes suas esperanças,

Amado por todos nós
Desde idosos a crianças
Tu, nos encantas, e após,
Repletos de lembranças !

Saímos cheios de alegria
Do Parque que nos encantou.
- Iremos voltar outro dia,
Sua paz; nos conquistou !

São Paulo, 16/05/2017 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com 

Direitos autorais registrados 

Mantenha a autoria do poema 

Nenhum comentário:

Postar um comentário