Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A evolução da humanidade num século

A evolução da humanidade
num século


Com os tempos que mudam, nós mudamos
Na inconstância diuturna do progresso
Televisão, telefone sem fio, melhoramos;
Internet, inovação, que merece apreço !

Do avião, ao helicóptero, às viagens à lua
O avanço melhora consideravelmente,
Até as pedras que calçavam nossa rua
Hoje, são lisas como folha, naturalmente,

Nos últimos cinquenta anos a humanidade
Teve mais progresso do que nos milhares
Que antecederam este período de sagacidade,
Aonde ciência, e conhecimento, foram impares

Na evolução  por caminhos desconhecidos ...
- Que a anterior humanidade, sem idéias
Não tinha noção, de tantos bens perdidos
Quando sua luz, se igualava à das candeias...

- Estou na quarta estação, lúgubre tristeza
Não verei novos avanços, que certamente
Darão ao novo mundo modernas proezas.
Pensar em perdê-las, deixa-me descontente.

Porangaba, 20/09/2015
Armando A. C. Garcia

Agradeço sua visita ao meu blog.
http://www.textoregistrado.com.br/images/logo.jpg

Direitos autorais registrados
 Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário