Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

sábado, 19 de novembro de 2022

Não queiras cantar o Fado !

Não queiras cantar o Fado !

 

Não queiras cantar o Fado

- Se não nasceste fadista,

O Fado, é mutilado

Se o cantor, não for fadista

 

Ser fadista, é privilégio

Que Deus dá, ao cantador

E é também, um sacrilégio

Se não cantar com amor,

 

O fadista nasce pronto

Para sua profissão,

E, sem esse pesponto,

Não encontra a condição

 

Não queiras cantar o Fado

- Se não nasceste fadista,

O Fado, é mutilado

Se o cantor, não for fadista !

 

São Paulo, 19/11/2022 (data da criação)

Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs: 

http://brisadapoesia.blogspot.com 

http://criancaspoesias.blogspot.com 

http://preludiodesonetos.blogspot.com 

 

Direitos autorais registrados 

Mantendo a autoria do poema – Pode compartilhar

Nenhum comentário:

Postar um comentário