Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 28 de julho de 2020

Soltem as apeias do Presidente


Soltem as apeias do Presidente


Soltem as apeias do Presidente
Aos que nos roubaram; soltos deixaram
Câmara, Senado e STF, se calaram
- Ele, é um só, lutador e previdente

Enfrentando a ira, a cólera e a raiva
Daqueles que recebem altos salários
Fazendo do Presidente e povo otários
Como se a atuação do JAIR fosse *aiva

Numa luta desigual e acirrada,
O desmando dos poderes gerou crise
Na saúde, economia e trabalho,

Mas com afinco e mui perseverança,
Presidente e povo, não aceitam reprise,
E nesta luta, não falta a esperança !

·        insignificante

28\07\2020
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário