Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Fora à Impunidade !


Fora à Impunidade !


O povo não quer a impunidade
O povo não quer ninguém de calça justa
O povo quer, é justiça de verdade
Liberdade, e saber quanto ela custa

O povo está cansado de injustiça,
De divisar tanto iníquo desdouro,
E notar, ninguém ser chamado à liça
Pois nunca há quem proteja o Tesouro!

Sempre há uma escapada à clausura
Se não antes do julgamento é depois
O povo não vê a verdadeira lisura

Por isso está cansado e desacreditado,
Porque eles, nunca ficam em maus lençóis
E o povo, acaba sendo apunhalado !

30-06-2020
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário