Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quinta-feira, 18 de junho de 2020

A sombra


A sombra

A sombra nos envolveu repentinamente
E amargurou nossa alma, tristemente             
A sombra da alegria, a sombra da saudade
É um mistério, é uma adversidade

É a sombra de um enigma, em cada um
É uma coisa inexplicável, incomum
Sombra de que não se vê a interposição
Mas tolda, em cada um de nós o coração

Perdemos a clareza, obscurecemos
Na sombra implacável, inteligível
E aos poucos, a apreensão vai aos extremos

É a sombra da extenuação e da morte
É a sombra que anuvia o invisível.
- Oremos a Deus, que tenhamos melhor sorte !

18-06-2020
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário