Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Determinados momentos

Determinados momentos


Como se fossem das lembranças os frutos
Que em dado momento afloram à memória
Em pensamentos destoantes, brutos
Do tempo que passou, da própria história

Despertam esperanças, vivo sentimento
Que são a razão que me contagia
São a luz, o fulgor, o alimento
Nas reflexões da mais pura alegria.

Girando, passam as horas vagarosas
Nelas busco o alívio para meu fado
Lembranças batem leve, prazerosas,

Em mim, tudo é dúvida num sonho imenso
Sem elas, caminharia desolado
Preterido no amor que é tão intenso !

São Paulo 20/07/2016 (data da criação)        
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com              
http://criancaspoesias.blogspot.com                       

Direitos autorais registrados

Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário