Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 10 de novembro de 2015

...Foi eterna fantasia (soneto)

...Foi eterna fantasia (soneto)


Estava em ti, a minha felicidade
O rumo que pautaria minha vida
Foste o sonho de sempre, que inda invade
O pensamento que ao amor dá guarida.

Esse sonho, foi eterna fantasia
Que se aninhou neste pobre coração,
Que nunca teve a verdadeira alegria
Por faltar-lhe o amor de sua paixão;

Se as estrofes de meus versos não mentirem
Inda um dia, haverás de ser minha,
Se as musas do poeta consentirem.

Nem que seja além da terra, noutro mundo
Elementos de desculpa de quem caminha,
Carregando a vida inteira amor profundo !

São Paulo, 10/11/2015 (data da criação)
Armando A. C. Garcia


Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com

Direitos autorais registrados

Mantenha a autoria do poema

Nenhum comentário:

Postar um comentário