Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Eterno anseio !

Eterno anseio !


Quando teu peito a saudade chamuscar
Na simbiose substância do clamor
Vem compartilhar a emoção, amor
Qu’em instante algum te deixarei faltar

E como uma pluma a flutuar no ar
Os teus lábios sentirão todo ardor
Que ferve em meu peito interior
Na dimensão de tanto te desejar

Eternamente, num eterno anseio
Sempre a te cobiçar, e nem sei porquê
Nos dementes desejos, vejo só você

Eu quero, que esse sonho, altivo e forte  
Decididamente, marque minha sorte
E dê-me teu amor, que a tudo sobreveio !

São Paulo, 24/02/2015 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Obrigado por visitar meu blog:


Nenhum comentário:

Postar um comentário