Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Do outro lado da cruz

Do outro lado da cruz


Do outro lado da cruz
Gemia a mãe de Jesus
Numa dor alucinante
Como se, no mesmo instante
A lança qu’filho perfura
Atingisse sua figura.
Tamanha era a aflição
Do seu pobre coração !

A dor, pra si transfigura
Assim, a frágil criatura
Sofre os escárnios também
Infligidos ao filho. E a mãe,
Sente na carne as agruras
Do corpo tinto de púrpura
Exangue, débil, exausto
Do filho em holocausto !

São Paulo, 22-02-2015 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Obrigado por visitar meu blog:


Nenhum comentário:

Postar um comentário