Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Estrada da saudade



Estrada da saudade


Percorri, longa e árdua estrada
Cheia de percalços incontáveis
No peito combalido a morada
Das saudades incomensuráveis

Em nós instituem residência
Sem pedirem nossa permissão
Sofremos sua impertinência
Maltratando o pobre coração

Saudade, é um sentimento profundo
Que atinge a alma, a mente, a lida
Trilhemos todas estradas do mundo

Ela nos acompanhará da partida
E’stará sempre presente segundo,
Os critérios de nossa acolhida !

São Paulo, 05/01/2015(data da criação)
Armando A. C. Garcia 

Obrigado por visitar meu Blog:

 ----------------------

Há quem diga que a saudade
Não traz proveito algum
Quando ela, na verdade
Atinge somente um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário