Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

sábado, 23 de agosto de 2014

O Rei da Glória

O Rei da Glória

Tu, és o Rei da Glória
A Suprema Majestade
Onde triunfa a vitória
E se projeta a verdade

O caminho da ascensão
Na subida transitória
Do mundo da perdição
Ao da excelsa glória

És a luz, consolação
Que ajuda e dá esperança
Discreto amor, redenção
Libertação que avança

O cultor das dores alheias
Dulcificador do pranto
Tu, o fazes às mãos cheias
Socorrendo com Teu manto

Balsamizas as feridas
Punges da alma a aflição
E às vidas doloridas,
Levas a consolação

De quem sofre, és esperança
Transcende de Ti o amor
Expande-se a confiança
A Teus pés. Ó Criador !

São Paulo, 21/08/2014 (data da criação)
Armando A. C. Garcia


Obrigado por visitar meu blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário