Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

domingo, 31 de agosto de 2014

A dor da solidão

Resultado de imagem para foto pessoa solidão

A dor da solidão


Tive a dor da solidão por companheira
Ante a tua ausência súbita, inesperada
Mudaste o curso de minha cachoeira
Para turvar a água cristalina; Que cilada !

Deixaste-me de mãos atadas, com a dor
É detalhe que não importa na caminhada
No paradigma entre o ódio e o amor
Sem pressa, na vida longa, angustiada.

Como posso olvidar a mor verdade
Sem pesar toda a essência fulminante
Aquela que doeu atrás, na mocidade

E até hoje faz parte desta história
Tão profundo o amor que ainda debate
E inflama esta pobre oratória !

Porangaba, 31/08/2014 (data da criação)
Armando A. C. Garcia


Obrigado por visitar meu blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário