Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

domingo, 19 de janeiro de 2014

Berço do amor !

Berço do amor !


Tu, és o berço do amor e da paz
Clarão que todas luzes iluminam
A fonte,onde a alma é capaz
D’alcançar as virtudes que ensinam

A desvendar tesouros do infinito
Inesgotável, fascinação de luz
Ambiente jubiloso, bendito
Aonde a alma, sente a mão de Jesus

Páramo celestial do firmamento
Esplêndido banquete onde as harpas
Soam sonoras notas ao barlavento

No jardim de flores, como complemento
Corre ao lado, um rio cheio de carpas
Não sendo esse da alma o alimento

Porangaba, 18/01/2014
Armando A. C. Garcia

Obrigado por visitar meu Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário