Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

domingo, 12 de janeiro de 2014

Amor perdido

Amor perdido


Não penso mais no teu amor perdido
Nem nos dissabores que dele emanaram
Amor, pensar em ti, não faz sentido
Quando os sentimentos de amor secaram

Hoje, amargo a dura e triste saudade
Suspira minha alma aliviada
Ao penhor de tua antiga amizade
Que, pensava ser eterna namorada

Dilui meu coração na formosura
Sempre na esperança de ter o teu carinho
Fatigado, nunca encontrei a ternura

Mudei o rumo, troquei o caminho,
Foi um sonho lívido, sonho mirrado
Finalmente, a trégua... Estou sozinho !

Porangaba, 12/01/2014
Armando A. C. Garcia

Obrigado por visitar meu Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário