Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

terça-feira, 16 de agosto de 2011

TEUS LÁBIOS ÁVIDOS ! (Soneto)

TEUS LÁBIOS ÁVIDOS !


Sonhei que era feliz, que tu me abraçavas
Teus lábios ávidos de amor em mim colavam
Que bebia o néctar libado e espumavam
Nossas bocas na fantasia que criavas

Vão contentamento, vil ventura a minha
Só te possuo em pensamento nos meus braços
Em sonhos e suspiros de curtos espaços
Quando ausente de meus sentidos, és rainha

Ao meu áspero destino doloroso e triste
Inda vens dar azo à minha fantasia
Dos dias dolorosos que partir me viste

Onde jaz minha mocidade, minha alegria
Cobriste às margens do Douro, em sepultura
Meu amor, meus sentidos, minha estesia !

São Paulo, 04/02/2008
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
 


Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário