Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

QUERO AMAR-TE ! (Soneto)

QUERO AMAR-TE !...


Quero amar-te, incondicionalmente
Serei teu, de ora avante, eternamente
Serás meu abrigo e acolhimento
Amenizarás penas e sofrimento

Serás a estrela do caminho que conduz
Será meu estro, serás a minha luz.
A tocha onde o amor se alimenta
A âncora que nosso amor sustenta

Contentar-me-ei em ser o timoneiro
De tuas ousadias e segredos,
Para que teu amor sempre avivente

Serei fiel guarda, qual mosqueteiro
De teu coração mistérios ou medos
Servir-te-ei sem jamais estar ausente

São Paulo, 08/04/2008
Armando A. C. Garcia


Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
 


Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário