Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Mil e Um Planos Traça (Soneto)

Mil e Um Planos Traça


Quando a incerteza embaraça nossa mente
Passa a nos envolver como névoa baça
O pensamento, mil e um planos traça
Que o homem chega a crer estar demente

Necessária a prece de clamor profundo
Como um hino de amor à liberdade
Para afastar de nós a imensa tempestade
Que tolda o sol do amor em nosso mundo

A ansiedade que oprime e dilacera
Na onda desfalecente de aflição
Terá consolo na nova primavera

Irradiando luz de ternura e perdão
Tua mente estará renovada e sincera
Ao aceitares Jesus no teu coração !

São Paulo, 28/04/2010
Armando A. C. Garcia


Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
 


Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário