Bem vindo à Brisa da Poesia!

Espargindo fragrância nas mal dedilhadas letras, levo até vocês, uma amostra tecida no rude tear da minha poesia! Espero que o pensamento exteriorizado nos meus versos leve até vocês momentos de deleite e emoção!
Abraços poéticos, Armando A. C. Garcia
São Paulo, 06/08/2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

INEXORÁVEL ! (Soneto)

Inexorável !

Sendo o fraco repleto de nadas
Pelo forte presa fácil a devorar
Falsas harmonias disfarçadas
Vão vivendo lado a lado, par a par

Há coisas belas na vida, sem limite
Que derramam bênçãos e contaminam
São dos céus uma espécie de convite
Onde as almas humanas se iluminam

Cada lágrima sofrida é panacéia
Para os abusos de trabalho ou prazer
Cura doentes em hospital ou em cadeia

Ou singrando mares, heróica epopéia.
O fraco repleto de nadas é um ser
Que pode superar o forte se tem idéia

São Paulo, 23/03/2010
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário